Banho de Lua: Definição, cosmetologia e Protocolo

Banho de Lua

O banho de lua também conhecido por banho dourado é um tratamento que tem como objetivo principal limpar a pele, eliminar as células mortas, proporcionar, maciez, suavidade e relaxamento além do clareamento dos pêlos.
É procurado principalmente no verão (maior tempo de contato com o sol, praia, piscina) devido à nutrição e hidratação que proporciona, além de valorizar ainda mais a pele bronzeada. È procurado também no pré-tratamento estético com função de potencializar o efeito e favorecer a penetração dos princípios ativos.
O banho de lua também proporciona um relaxamento corporal, pois durante a aplicação dos produtos o profissional utiliza movimentos de massoterapia para proporcionar ainda mais conforto ao cliente.
Antes do início do tratamento deve ser feita uma avaliação, contendo principalmente dados sobre alergias e sensibilidades.
O banho é realizado em quatro etapas que englobam a descoloração dos pêlos, esfoliação, nutrição e hidratação. O tempo de duração média de aplicação é de uma hora e meia, duas horas e seu efeito dura cerca de um mês.
O Banho é aplicado nas regiões dos braços, pernas, glúteos, costas e barriga.
As contra indicações são: Mulheres grávidas, lesões profundas na pele, hipersensibilidade qualquer componente das formulas e hipersensibilidade causada pela menstruação ou TPM.

Leia também: Banho de Lua o que usar

Cosmetologia e suas funções:

Creme de parafina: Funciona como uma capa para proteger a pele da química do creme clareador, evitando a sensação desagradável de ardor e coceira (principalmente se houver pontos de lesão na pele) e o ressecamento da pele, dando uma sensação de conforto.

Água oxigenada (volume 30) cremosa e pó descolorante: tem como sua principal função a ação clareadora, descolorindo os Pêlos deixando-os dourados. Possui também o efeito oxidante que destoe a bactéria anaeróbica e ajuda na remoção de tecidos mortos.

Sabonete líquido: Tem a função de limpeza e de retirar resíduos de produtos do corpo.

Esfoliação: Tem como função remover as células mortas e impurezas da pele, eliminando a aspereza sem agredir e estimula a renovação celular. Com a pele limpa os pólos ficam desobstruídos potencializando o efeito dos tratamentos corporais, ou até mesmo de uma hidratação, resultando uma pele macia e renovada além de ajudar na retirada dos resíduos dos produtos anteriores.

Máscara: São preparações cosméticas de consistência variadas, com ação biológica e física, que ao ser aplicada sobre a pele podem exercer a função de higienizar, hidratar, nutrir, descongestionar ou fortalecer (dependendo do princípio ativo).

Creme hidratante: Tem como funções a formação de uma camada protetora, contra as agressões externas; permite a pele lutar contra do excesso de umidade e ressecamento e hidratação devolvendo a pele suas características e beleza.

Protocolo:

1- Creme de parafina: aplique uma fina camada do creme de parafina sobre a pele seca com as mãos, massageando suavemente. Deixe o creme na pele para proteger da ação de clareamento dos Pêlos.

2- Água oxigenada cremosa + pó descolorante: prepare o creme descolorante em um recipiente adequado e limpo (cubeta), misture com uma espátula a água oxigenada (um frasco aproximadamente) e o pó descolorante (meio sachet) até ficar bem homogêneo (formar uma pasta). Aplique sobre as regiões protegidas pelo creme de parafina com um pincel comece nas regiões onde há méis pêlos e em seguida nas demais regiões a serem clareadas. Deixa o produto agir de 15 a 20 minutos ou até obter a cor do pêlo desejada.

3- Sabonete Líquido: poderá ser feito de dois modos: um pelo banho, (dar as instruções ao paciente de uso) ou caso não há a disponibilidade, retire o produto com uma toalha umedecida com água morna (tirar o excesso), passe o sabonete e retire novamente com a toalha.

4- Esfoliante: umedeça a pele com o auxílio de um borrifador, aplique o esfoliante na pele, fazendo movimentos circulares em toda região. Pode ser feito também com o paciente em pé por agilizar e facilitar. Retire o produto da pele com água ou toalha umedecida em águas morna. E secar bem a pele.

* Pêlos dourados, pele limpa e renovada o corpo está preparado para receber a hidratação.

5- Mascara: Com um pincel, aplicar a máscara nutritiva em todo corpo. Deixar 15 minutos e retirar tudo com uma toalha umedecida. E secar bem a pele.

6- Creme hidratante: Com as mãos aplicar o creme massageando suavemente utilizando técnicas básicas de massoterapia e deixar para finalizando o tratamento.

O poder dos óleos essenciais nos cabelos • NG de France

Leia também: Óleo de baobá cabelo

Provavelmente você já ouviu falar sobre os óleos essenciais e seus efeitos. Eles são compostos pelas essências de uma estrutura orgânica de qualquer parte de uma planta – folhas, fruto ou sementes. Podem ser usados nos cabelos, pele, em banhos, aromaterapia e até na alimentação. Aqui iremos falar sobre o poder desses óleos nos fios, por meio de produtos da NG de France, que os tem como principal componente.

A NG de France é uma empresa brasileira, criada pelo engenheiro químico e empresário Junior Becker e lançada em 2015. Mas tudo começou na França, onde Junior despertou um sonho de transformar o mercado de cosméticos no Brasil. Foi então que ele conheceu a uma das maiores perfumistas e aromaterapeutas do mundo, Nelly Grosjean, de onde tirou a filosofia que inspira a marca e até o nome.

ng-de-france-produtos-3

Todos os produtos da NG de France são 100% veganos e, têm como principal matéria prima os óleos essenciais franceses da marca Bioessential, cuja produção acontece em Provence, na França e possuem os maiores selos de agricultura orgânica do mundo. Embora o principal componente dos produtos sejam extraídos em solos franceses, toda a produção final é brasileira.

Além de explorar esse nicho de produtos orgânicos nacionais, sem matéria prima ou testes em animais, a marca pensa sempre na saúde dos fios, do profissional e do consumidor final, oferecendo produtos inovadores, eficientes e de qualidade. Outros pontos positivos da marca são a embalagem sofisticada e a fragrância sutil e delicada.

Os produtos – informações da marca

• Para uso profissional

O carro-chefe da NG é a linha de alisamento semi-permanente, o primeiro com registo aprovado pela Anvisa, isento de formoldeído, não é tóxico, apresenta nanoativos botânicos especiais e aminoácidos de 17 óleos essenciais. Proporciona controlo ao volume excessivo, protege, nutre todos os tipos de cabelo, traz um efeito liso natural e luminoso. Duração de 60 a 90 dias, dependendo da estrutura capilar de cada pessoa.

ng-de-france-produtos-2

• Home care

A linha Intense, para cabelos seco, rebeldes e volumosos, recupera e mantém o equilíbrio hídrico dos fios, nutre de dentro para fora através dos óleos essenciais, proporcionando maciez, vitalidade e brilho com a promessa de não deixar os fios pesados.

A linha Light, para cabelos finos, regula a oleosidade do couro cabeludo, sem ressecar as pontas, e reduz os problemas de perda de fios e desidratação capilar.

A linha Repair, para cabelos enfraquecidos e danificados, é rica em aminoácidos essenciais, óleo de argan e queratina. Restrutura o fio danificado, que passaram por processos físicos, químicos e ação do calor, elimina pontas duplas e frizz.

Serum Iluminador, uso dermo-capilar, indicado para cabelos finos, que realçam o brilho natural do fio e atua na reparação de pontas duplas.

Limpeza de Pele na Anna Pegova

Meu primeiro contato com tratamento de pele na vida foi com a Anna Pegova. Fiz minha primeira limpeza de pele com eles quando tinha uns 17 anos, e meus primeiros cremes também foram da marca. O tempo passou, sai de casa, e sem minha mãe pra pegar no meu pé e bancar meus tratamentos (vlw mãe) passei a não cuidar mais do rosto como antes. Limpeza de pele virou lenda e eu fui seguindo com um cuidado aqui e outro ali. Até que a convite da marca resolvi fazer uma limpeza na loja do Shopping Galleria aqui em Campinas.

Leia também: limpeza de pele

Primeira coisa que me impressionou. A limpeza de pele hoje é praticamente uma visita ao SPA. Ganhei massagem na mão, no braço, ganhei massagem até no pé. No rosto produtos variados. O momento de remoção dos cravos foi o de menos. Até porque eu já tava ultra relaxada! Amei.

anna-pegova-02
Patrícia, Aline, Milena e Fernanda. Equipe mara da Anna Pegova do Galleria Shopping (Campinas-SP).

Assim como da última vez que eu lembro, a remoção foi feita com um aparelhinho que suga os cravos (Hidrossucção). Bem indolor na minha opinião. Só rola uma pressão básica. Como fazia mais de uma década (aff, como o tempo passa) que eu não fazia limpeza de pele a primeira retirou cravos muito antigos, oxidados mesmo, aqueles que deixavam até a pele meio áspera e o nariz escuro, sabe?

Já a segunda rolou quando minha pele já estava mais bonita (por conta da primeira limpeza feita 30 dias antes). A pele já estava sem essa camada de cravos idosos (rsrs). Consegui sair de lá com o nariz lisinho, quase sem nenhum cravo. E acredito que daqui pra frente seja assim, cada vez melhor e com menos pontinhos pretos, ou seja, não rola ficar muito tempo sem limpeza de pele. O ideal é uma vez por mês. Mas se não der, vá pelo menos a cada 3 meses. 10 anos sem realmente não é recomendado (rsrs. Óbvio!).

ANTES DA LIMPEZA / DEPOIS DA LIMPEZA (da segunda)
semake

Minha pele está muito mais lisa e saudável. E o engraçado é que todo mundo repara nisso! Vira e mexe alguém me pergunta sobre ela no Instagram ou mesmo pessoalmente. Porque não adianta, por melhor que seja a base, se a pele natural está bonita, o acabamento da base também fica melhor. E assim, estou muito mais confiante em sair de cara lavada.

Detalhe, a segunda foto eu tirei 30 minutos depois da limpeza. O que comprova que ela não machuca sua pele. Dá um medo sair toda marcada, né?

Estou animadíssima com as limpezas mensais. Peguei gosto pela coisa, sabe? Saio de lá com uma outra data já agendada.

Você costuma cuidar dos lábios? Os lábios são muito sensíveis

porém, geralmente recebem poucos cuidados. Eles merecem uma atenção especial, principalmente quando expostos ao sol ou em climas frios. Se os devidos cuidados não forem tomados, os lábios podem ressecar, rachar, sofrerem de herpes, feridas e outros problemas. Lábios ressecados, rachados e sem vida são sinônimos de um rosto pálido e sem atratividade.

Devido à baixa temperatura e pouca umidade em climas mais frios, os lábios sofrem com o ressecamento e, por perderem a elasticidade, racham. Apesar de o problema ser mais evidente no frio, no verão, por causa do sol e ar condicionado, os lábios também ressecam.

Hidratantes Labiais
Cuidados Especiais com os Lábios
Para prevenir o ressecamento dos lábios a dica é apostar nos hidratantes labiais. Mas não é preciso deixar o batom de lado, já que a hidratação deve acontecer antes da aplicação do cosmético. Para isso, não tenha medo de usar produtos como a manteiga de cacau e os diversos lip balms.

A manteiga de cacau é um tipo de gordura natural com propriedades hidratantes e emolientes, que recuperam a oleosidade labial. A macadâmia e a karitê também são ricas em gordura vegetal e garantem a hidratação dos lábios.

Já os lip balms reforçam a camada de proteção durante o dia. Eles costumam ter na composição ingredientes como vitamina E, óleo de framboesa, além das fórmulas a base de aloe vera, que ajudam na cicatrização das feridas causadas pelo ressecamento.

Os protetores labiais devem ser usados por baixo do batom, já que muitos também possuem função hidratante, agindo contra o ressecamento e evitando queimaduras causadas pelo sol.

Leia também: Lábios ressecados causas

Hidratantes Labiais
O que pode contribuir para ressecar os lábios?
Clima frio e seco
Tomar pouco líquido
Não hidratar os lábios
Ficar exposto ao ar condicionado e o sol sem proteção
Usar batons sem agentes hidratantes
Passar a saliva muitas vezes nos lábios
Se os lábios estiverem descamando, resista à compulsão e não puxe a pele, pois isso só vai piorar o estado das feridas. O ideal é usar algum produto hidratante para que a pele tenha condições de se regenerar e seus lábios fiquem lindos e charmosos! Nesse caso em que os lábios estão bem rachados e com feridas, minha dica é passar óleo de coco nos lábios. Experimente!

Dicas de Hidratantes Labiais
Existem várias opções de produtos que ajudam tratar os lábios. Confira algumas sugestões:

Cicaplast Lábios La Roche Posay – Reparador LabialCicaplast Lábios La Roche Posay – Reparador Labial
•••••••••
1 / 9
Para mais informações sobre cada produto, os links abrem em uma nova janela ou aba de seu navegador. Essa é uma pesquisa dos produtos mais eficientes e recomendados, e os links são todos para lojas confiáveis.

 

Resenha Encanto Óleo Corporal Sedução

Bkrla *** Oi amores *** A resenha de hoje é sobre óleo, todo mundo sabe que eu prefiro óleo à cremes hidratantes, mas ainda há creminhos que eu gosto bastante! No entanto, voltemos ao que interessa, vou falar hoje sobre esse produto que adquiri na semana passada, vamos lá:

Leia também: Óleo de rosa mosqueta pra que serve

Informações do Fabricante: Encanto Óleo Corporal Sedução Amora Champagne provoca os sentidos e prepara sua pele para momentos especiais. Com rápida absorção, proporciona 48 horas de hidratação para a sua pele. Impossível resistir! Desodorante corporal, receita de amora e champagne para encantar com sedução. Aplique pelo corpo e espalhe sensualidade com borbulhas de alegria. Provoque uma atração irresistível. Pele macia e hidratada por 48hs. Seu dia do seu jeito. Modo de usar: Aplique na pele ainda molhada massageando o corpo todo, enxague em seguida, se preferir, protege contra os efeitos da transpiração. O que eu achei: A embalagem é bem bonitinha, não ocupa muito espaço no banheiro, quantidade normal igual a de quase todos os óleos populares que são vendidos por aí. O cheiro é agradável, maaaas para quem não curte cheiro adocicado nem vá! rsss no entanto, depois que seca não tem cheiro nenhum. Eu achava que ele teria cor avermelhada como a embalagem, mas não tem cor nenhuma então não tem risco de manchar nada! levando em conta que ele seca rápido e a não deixa a sensação de óleo não absolvido pela pela. No quesito hidratação, deixa um pouco a desejar, promete hidratação de até 48hs, mas confesso que não vi muito nem nas primeiras 24hs. Achei um óleo super mediano, eu esperava pelo menos uma hidratação e maciez mais intensos. R$ 26,00, infelizmente eu não voltaria a comprar novamente!

Peeling caseiro contra estrias: dermatologista dá receita infalível

As estrias certamente incomodam algumas mulheres. Embora naturais, muitas mulheres procuram técnicas para amenizar os risquinhos vermelhos ou brancos provocados pelo processo de estiramento da pele. Além dos tratamentos estéticos feitos em clínicas especializadas, é possível recorrer às receitas caseiras. Mas será que elas funcionam? A dermatologista Paula Periquito, do Rio de Janeiro, explica e ainda dá uma receita infalível.

Veja também:
Celulite: como acabar com ela?

Receitas caseiras para estrias
Estria
Resultado de um rompimento das fibras elásticas, as estrias são cicatrizes da pele. “Quando uma pessoa cresce muito rápido ou ganha muito peso a pele estica, as fibras elásticas rompem e inflamam. A cicatrização desse estiramento é a estria”, explica a especialista. Além disso, fatores hormonais podem acentuar as possibilidades do processo natural.

Receitas naturais funcionam?

Leia também: Peeling Caseiro para acnes

Receitas caseiras evitam estrias
Segundo a dermatologista, receitas caseiras com alimentos que servem como esfoliantes naturais podem ser opções para prevenir a estria, mas não para fazer com que ela suma. “As receitas naturais hidratam a pele e isso diminui as chances das fibras romperem”, comenta.
Rosa mosqueta
Conhecido para o tratamento natural das estrias, o óleo de rosa mosqueta é um potente cicatrizador. “A rosa mosqueta ajuda na cicatrização. Quando a mulher já tem estrias, mas elas ainda estão vermelhas e inflamadas, o óleo de rosa mosqueta pode ser usado para melhorar o processo de cicatrização, deixando a fissura mais fina e evitando sua evolução”, explica Paula.

Peeling natural para estria
Para ajuda a prevenir as cicatrizes e evitar que o problema aumente, confira a dica da dermatologista de receita caseira para a estria. Ela funciona como uma espécie de peeling.

“Misture óleo de oliva com açúcar cristal e passe na região estriada com movimentos circulares uma vez por semana. Essa mistura remove as células mortas e ajuda na hidratação, fator que evita o aparecimento de novas fissuras”.

Bichectomia: A nova tendência entre os artistas

A nova tendência entre os artistas.

A aparência física e emocional, cada vez mais, tem se tornado uma exigência social e uma busca constante do ser humano pela satisfação pessoal e melhora na autoestima.

A Bichectomia tem sido muito requisitada atualmente, principalmente, depois que atrizes como Angelina Jolie, Jennifer Aniston, entre outras, procuraram essa cirurgia para embelezar seus rostos e aumentar sua aparência de beldades.

diminuição bochechas

Mas o que é exatamente a Bichectomia????

Veja nesse artigo o que é a Bichectomia, por que ela é tão procurada, como é realizada e quais seu resultados.

Bichectomia: O que é exatamente
A Bichectomia é uma cirurgia realizada para afinar o rosto, diminuindo as bochechas e deixando a face mais delgada.

Muitas pessoas possuem as bochechas salientes, deixando o rosto volumoso com o aspecto do “Quico” aquele personagem do Chaves ou mesmo do Fofão, outro personagem famoso por suas bochechas.

diminuição bochechas

Essa situação traz muita insatisfação estética para os pacientes, além de poder gerar também desconforto dentro da boca, a medida que o volume das bochechas também atrapalha a mastigação.

A cirurgia é realizada retirando-se uma “bola” de gordura que existe no meio das bochechas. Essa “bola” é conhecida como Bola de Bichat e por isso o nome da cirurgia é Bichectomia.

Bichectomia: Quando está indicada
Existem duas principais indicações para a realização da Bichectomia: por razões estéticas e por razões funcionais.

Bichectomia: motivos estéticos
“Doutor, não gosto das minhas bochechas, acho elas grandes, já sofri gozações. Me sinto incomodada”

Esse é um tipo de relato comum no consultório e uma indicação clássica e substancial para a realização desse procedimento.

Esse quadro de incomodo pode gerar timidez, depressão e o afastamento do convívio social.

Se o paciente sente-se incomodado com suas bochechas, ele tem indicação para a retirada da gordura responsável.

Leia também: Bichectomia

Bichectomia: motivos funcionais
“Doutor, sempre que vou comer algo, acabo mordendo minha bochecha, não aguento mais essa situação, o que posso fazer?”

O trauma na mucosa bucal, provoca úlceras traumáticas, que gera dor, desconforto e dificuldade de alimentação. Esse trauma constante, aliado a outros hábitos nocivos (álcool, fumo, calor) pode ocasionar lesões mais sérias a mucosa.

Portanto, o incomodo que a Bochecha pode gerar dentro da boca, também coloca o paciente em indicação para a Bichectomia.

Bichectomia: prudência faz bem a saúde
Você vai escutar muito sobre Bichectomia e, principalmente, ler muito sobre esse assunto na internet. Tenha prudência e cuidado com promessas milagrosas de mudanças no perfil do rosto.

Muitos paciente apresentam pequena quantidade de gordura facial e discreto volume de bochechas. Nesses casos, o ganho estético por afinamento das bochechas será mínimo e, ás vezes, imperceptível.

Em outras situações, o perfil facial do paciente é alongado (dolicofacial) e a cirurgia de Bichectomia poderia trazer resultados catastróficos.

Portanto, é importante escolher um profissional capacitado para essa análise e procedimento. Converse com ele e discuta a melhor alternativa para resolver seu problema.

Bichectomia: Como é feita
A Bichectomia é feita retirando-se uma parte da gordura facial que dá volume para as bochechas. Essa gordura é conhecida como Bola de Bichat.

A cirurgia geralmente, por ser rápida e pouco invasiva, é realizada em consultório com anestesia local. Entretanto, nada impede que seja feita em hospital, se esse for o desejo do paciente. Converse com seu cirurgião.

Uma pequena incisão de 1,0 a 1,5 cm é feita dentro da boca (o que não deixa cicatrizes) e, diferente de outras cirurgias bucais, nenhum tipo de broca ou motor é utilizado, apenas pinças e a habilidade do profissional para remover a gordura. Ou seja, não existe aquele famoso barulhinho da broca do Dentista.

Em seguida, 2 pontos são realizados para fechar o local e evitar sangramentos futuros.

Um curativo compressivo no rosto com bandagens são instalados para evitar inchaço da face e para dar conforto ao paciente. Cuidados pós operatórios e medicamentos serão prescritos pelo seu cirurgião.

A cirurgia dura em média 1 hora e requer um afastamento médio de 3 a 5 dias de suas tarefas profissionais. Entretanto, atividades físicas, como academia, esportes, corrida, só serão liberadas após a remoção dos pontos e a avaliação do seu cirurgião.

Bichectomia: Requer algum preparo antes da cirurgia?
Como qualquer cirurgia, uma criteriosa anamnese sobre a saúde do paciente deve ser realizadas. Doenças sistêmicas, alergias a medicamentos, o uso de medicamentos de rotina, hábitos e vícios, entre outras, devem ser questões avaliadas e manejadas pelo seu cirurgião.

Exames laboratoriais de sangue podem ser solicitados.

Pelo fato de ser uma cirurgia com anestesia local, não existe a necessidade de jejum, entretanto, orienta-se o paciente que no dia da cirurgia faça uma refeição leve, evite práticas desportivas e procure vir sem maquiagem, com roupas leves e traga um acompanhante.

Bichectomia: Quais os riscos?
Apesar de ser uma cirurgia pouco invasiva e geralmente rápida, a técnica do procedimento é delicada e exige um bom conhecimento anatômico e uma boa habilidade cirúrgica.

É uma região com estruturas anatômicas importantes como vasos sanguíneos, nervos e uma importante Glândula Salivar.

As intercorrências mais comuns são os Seromas (acúmulo de líquido nos tecidos) e os Salivomas (acúmulo de saliva por lesão no ducto da Glândula Parótida).

Mas como em qualquer procedimento cirúrgico, podem ocorrer infecções, sangramentos e hematomas.

Não são lesões graves ou definitivas e sua resolução é de fácil manejo.

Procure um profissional de sua confiança, capacitado para realizar sua Bichectomia e para tratar as intercorrências caso elas ocorram.

Bichectomia: Resultados estéticos
O principal resultado da Bichectomia e o mais evidente é o afinamento do rosto, tornando a face mais delicada e atraente.

Diminuiçao das bochechas

No momento em que retiramos a gordura das bochechas, ocorre uma diminuição das mesma e uma proeminência do osso malar ou das “maçãs do rosto”, tornando as linhas da face mais harmônicas e agradáveis.

O resultado final e definitivo demora no em torno de 6 meses para ser alcançado, sendo fundamental o entendimento desse tempo por parte do paciente.

Inicialmente pode haver inclusive um aumento do volume da face, devido ao edema pós-cirúrgico. Mas após a fase aguda (inflamatória) de cicatrização dos tecidos passar, as primeiras modificações já podem ser notadas.

Bichectomia: Os homens podem fazer?
Sim, os homens podem fazer a Bichectomia, respeitando as mesmas indicações e necessidades já relatadas nesse artigo.

Claro que, por ser uma cirurgia que ganhou notoriedade pelos seus resultados estéticos e devido ao fato de ainda vivermos numa sociedade machista e preconceituosa, os homens ainda sentem-se constrangidos

bichecto

Entretanto, cresce muito a necessidade social e profissional de uma boa aparência, além da satisfação pessoal que esses procedimentos geram. E é claro que os homens estão incluídos nessas exigências e, por isso, têm procurado serviços para tanto.

O ator Hollywoodiano Keanu Reeves fez a cirurgia de Bichectomia e alcançou um resultado muito positivo.

Por fim…
A incessante procura por beleza e bem estar físico é uma realidade da sociedade moderna, por isso a Bichectomia vem ganhando força entre aqueles procedimentos que visam alcançar esses objetivos.

O rosto e o sorriso, talvez sejam o grande ‘cartão postal’ do ser humano e a porta de entrada para as relações interpessoais.

Não surpreende que os produtos de maquiagem e cosmético, sejam os mais procurados para esse fim.

Entretanto, a prudência para a realização desses procedimentos deve sempre nortear a tomada de decisão e o profissional escolhido deve estar capacitado para executá-los.

Prudência faz bem a saúde!

A pele fina e sensível ao redor de seus olhos é a parte que mais te denuncia no seu corpo inteiro. É o lugar mais difícil para esconder seus vícios: se você beber, fumar, comer muita comida salgada, dormir pouco ou dormir demais, ou passar muito tempo olhando para o computador, suas olheiras vão te denunciar. Veja como dormir melhor e acordar mais disposto Enquanto o retrato de Dorian Grey é o fator que denuncia a real idade do personagem, as suas olheiras são a maior janela para a sua alma. E tudo fica ainda mais assustador quando elas não são resultados de uma rotina cansativa, e sim uma característica genética. O QUE PODE CAUSAR AS OLHEIRAS Crédito: Reprodução Como falamos acima, alguns fatores podem intensificar ou até mesmo causar as olheiras embaixo dos seus olhos. Veja quais são os principais: Herança genética: as olheiras azuladas embaixo dos olhos são vasos sanguíneos que podem ser vistos quando o sangue passa nas veias perto da superfície da pele. Essa é uma característica hereditária, e quanto mais clara for a pele, maior a visibilidade desses vasos sanguíneos; Alergias: coçar a região dos olhos com frequência provoca olheiras e inchaço na região abaixo dos olhos, sabia? Anemia: a falta de nutrientes e do ferro contribuem para o surgimento de olheiras. Idade: com o passar dos anos, a pele fica mais fina e translúcida, o que favorece o surgimento de olheiras. Medicamentos: remédios que provocam a dilatação dos vasos e aumentam o fluxo sanguíneo favorecem o aparecimento de olheiras. Quer saber como se livrar delas e manter a boa aparência? Veja essas 6 dicas!

Leia também: Tratamento para olheira

O USO DE CREMES CORRETOS Crédito: Reprodução Se você realmente quer diminuir as olheiras, não tem jeito: vai precisar investir uma grana, mesmo que não muito alta, em cremes específicos para o seu problema. Os cremes que contém vitamina K, vitamina C, vitamina E e retinol são oficialmente eficazes no tratamento de olheiras, mas você vai precisar ir atrás de produtos específicos para bolsas, por exemplo, já que elas têm uma origem um pouco diferente. Segundo Caroline Assed, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia, os fatores que influenciam no inchaço da região devem ser identificados antes do início do tratamento . Com o diagnóstico, são feitas intervenções para melhorar a condição atual do problema. Cremes com alta concentração de cafeína podem te ajudar a abrir o olhar e reduzir as bolsas! FAÇA TRATAMENTOS CASEIROS – MAS COM CUIDADO Crédito: Reprodução A clássica compressa com chá de camomila pode ser uma ótima saída para um tratamento barato e fácil, porém, tome cuidado e visite um dermatologista antes de começar a se tratar sozinho, afinal, sua pele pode ficar irritada. Você também pode usar as famosas rodelas de pepino nos olhos. Por 15 minutos, deixe uma rodela de pepino em cada olho. O ideal é repetir o processo 3 vezes por semana, afinal, ele ajuda a diminuir o inchaço e aparência de cansaço no rosto. CONSIDERE UM TRATAMENTO À LASER Crédito: Reprodução Se o seu caso for grave e você realmente quiser eliminar as olheiras de uma vez, pode fazer um tratamento à laser, que consiste no uso de feixes de luz que suavizam o tom mais escuro da pele e corrigem pigmentações irregulares. A pele absorve essa luz e ela quebra as camadas pigmentadas, fazendo com que a pele fique com a cor homogênea. O tipo de pele vai dizer quantas sessões você precisa, mas normalmente são necessárias três sessões de 40 a 60 minutos, com um intervalo de 10 a 15 dias entre cada sessão. Antes do tratamento, os cirurgiões recomendam certos cuidados, como evitar bebidas alcoólicas e aspirinas para evitar coágulos e inflamações. No pós-operatório, você vai precisar aplicar gelo para diminuir o inchaço, e manter distância do sol. O custo é salgado e varia entre R$ 2.500,00 a R$10.000,00. MANTENHA-SE HIDRATADO Crédito: Reprodução A região dos olhos, assim como qualquer outra área do corpo, precisa ser hidratada com certa regularidade. Existem produtos específicos para fazer isso, como, por exemplo, o Creme Eucerin para os olhos. Além de hidratar os olhos, você precisa se hidratar de dentro para fora: beba muita água e evite consumir refrigerantes e outras bebidas e comidas com alta concentração de sódio. DURMA BEM Crédito: Reprodução Tem problemas para dormir e tem o costume de roncar durante o sono? Talvez essa seja a resposta para o surgimento de bolsas embaixo dos olhos. É sério: o ronco pode ser um sinal de que seu nariz está obstruído e, por isso, você não consegue entrar nas camadas mais profundas do sono. Que tal, então, começar a usar faixas para a dilatação nasal e se livrar do ronco? Porém, antes de comprar a sua entre em contato com o seu otorrinolaringologista para verificar a necessidade do uso desse produto! Nós também já demos outras dicas para você dormir melhor, dê uma olhada: como dormir melhor e acordar mais disposto. CONSIDERE MAQUIAGEM Crédito: Reprodução Um corretivo específico da cor da sua pele e com alto potencial de hidratação pode te ajudar a disfarçar olheiras marcantes e linhas finas. Depois que hidratar a região, passe o corretivo em pequenas quantidades e pronto, você já disfarçou suas olheiras sem precisar de qulaquer intervenção cirúrgica!

Varizes acometem 50% das mulheres e trazem mais do que alterações estéticas

Conheça mitos e verdades sobre as varizes, doença vascular que pode causar mais danos à saúde do que simples incômodo estético Foto: Pixabay/kaboompics

Elas acometem cerca de 50% das mulheres e trazem mais do que alterações estéticas, podem prejudicar a qualidade de vida e chegam a ser uma das principais causas de afastamento laboral no Brasil. Mesmo com tantos casos, as varizes ainda são alvo de muitos mitos que prejudicam o diagnóstico precoce do problema vascular. Conversamos com os cirurgiões vasculares Caio Focássio e Ivan Casella para esclarecer os mitos e verdade que cercam as varizes.

Leia também: o que é Varicell

LEIA TAMBÉM:
Não deixe que as varizes atrapalhem o seu verão
Atividade física ajuda a prevenir varizes
Primeiramente, é importante esclarecer que ainda não se sabem as causas que desencadeiam as varizes. O fator genético, ou seja, uma predisposição para o problema é uma das causas identificadas. “Algumas pessoas tem varizes independente do que faça. Se tiver propensão genética muito forte, vai ter a questão hereditária mesmo sem ter feito nada, sem ter nenhum fator de risco adicional”, explica Ivan Casella. “Não há fórmula para se garantir que não terá: no verão, fica mais exuberante, normal que pessoas tenham os vasos mais dilatados, até para ajudar no controle do calor porque se tende a tomar mais líquido e fica um pouco mais evidente”, continua o médico.

Entre os sintomas mais comuns das varizes estão a dor, cansaço e inchaço da perna, principalmente na região do tornozelo. “A pele começa a ficar manchada e em uma situação extrema pode até aparecer uma ferida ou úlcera, o que é bastante desagradável e de difícil cicatrização”, explica.

Um dos mitos mais comuns que cercam as varizes é que cruzar as pernas pode causar o problema, o que é mentira. Cruzar as pernas não é o motivo pelo qual as varizes aparecem. De acordo Caio Focássio, o fato de se passar muito tempo na mesma posição – em pé ou sentada – e o sedentarismo é que contribuem para o surgimento das varizes. “A pessoa que se movimenta pouco vai ter mais tendência ao aparecimento das varizes porque o retorno venoso se torna mais difícil. A panturrilha precisa ser estimulada e fortalecida para poder enviar o sangue de volta ao coração e, quando o indivíduo não se mexe, ela não contrai para colaborar com esse retorno venoso”, diz o médico.

Já o uso excessivo de salto alto pode contribuir para o aparecimento de varizes. “O uso contínuo do salto muito alto leva a alteração da fisiologia, do estado natural com que o sangue retorna para o coração e pode atrapalhar um pouco”, fala Ivan Casella. O doutor Focássio completa que o fato da pisada ser incompleta por conta do salto atrapalha a circulação sanguínea e exige um maior esforço vascular, o que pode causar varizes. “Esse estado também faz com que a pisada não fique completa. Com isso, o sangue não consegue fluir bem e pode, assim, ocasionar as varizes”, explica.

O uso de anticoncepcionais pelas mulheres e a gravidez também são fatores que contribuem para o aparecimento de varizes. “O estrogênio natural ou ingerido por via oral, como o anticoncepcional, aumenta a capilaridade vascular, então é possível fazer essa associação entre o uso e as varizes”, diz Casella.

Apesar de não existir uma cura definitiva, uma série de tratamentos pode acabar com casos localizados mais graves e também paliativos para evitar o avanço da doença. “A escleroterapia é o termo técnico da secagem das varizes, se aplica uma injeção de um líquido que vai secá-las por dentro”, afirma o doutor Casella. “O uso de meias elásticas, as de compressão, são excelentes para a contenção da doença e para evitar que ela avance”, finaliza o médico.